Conheça o Kakebo: Método Japonês para Poupar Dinheiro

Para poupar dinheiro, é preciso saber gerir o dinheiro e o orçamento mensal. Registrar os gastos e poupanças. E o método Kakebo contribui para organizar os registros, analisá-los e otimizar a poupança. Saiba mais!

 

O que é o Kakebo?

Em japonês “Kakebo” significa “livro de contas para a economia doméstica”. Os japoneses não largam o seu Kakebo – um livro em formato de agenda que permite o registro diário de despesas e receitas e muito mais. Este sistema permite gerir o dinheiro de forma a não só cumprir as obrigações, como também chegar ao final do mês com dinheiro de sobra.

 

3 fundamentos do Kakebo

  1. Controlar todas as despesas, semana a semana, reorganizando o consumo diário e analisando os resultados no fim de cada mês.
  2. Priorizar e categorizar os gastos, de acordo com as necessidades diárias, apelando assim para um consumo mais consciente, mais responsável.
  3. Permitir uma análise profunda ao consumo diário, para poder encontrar formas de substituir hábitos financeiros ineficazes por aqueles que não só se adequam à sua vida e realidade financeira, como lhe ajudam efetivamente a poupar dinheiro.

 

12 meses de poupança

O livro contempla os 12 meses do ano com folhas específicas para cada tipo de despesa como alimentação, gastos extras e despesas com cultura e lazer. Tem que registar tudo, diariamente. Também tem espaço para os objetivos financeiros. Ao final de cada mês é preciso analisar os gastos e refletir sobre o que deve ser melhorado e otimizar as finanças.

 

O que Registrar?

  1. Receitas: Registre todas as suas receitas, do salários, bicos, até as contribuições dos seus pais. Indique a data, os valores e a soma total.
  2. Despesas Fixas: Registre os gastos que se repetem todos os meses como água, luz, transporte, educação, gás, aluguel, financiamento, impostos, créditos e dívidas…
  3. Estipule um valor de Poupança e registre esta meta.
  4. Registre também seus Objetivos como uma viagem de fim de ano, trocar o carro ou poupar para dar entrada em uma casa nova e fugir do aluguel.
  5. Faça um campo para Promessas que lhe ajudem com a economia, como levar marmita para o trabalho, não comprar doces na lanchonete perto do serviço, diminuir o consumo de tabaco ou refrigerantes diariamente.
  6. Faça o primeiro fechamento. Registre o valor das receitas, menos as despesas fixas e a poupança. O valor que sobrar é o que você terá disponível para os gastos do mês. Receita – Despesas Fixas – Poupança = Valor Disponível
  7. No restante do mês você deve registar as Despesas Extras como: com passeios, com compras, cultura, lazer, imprevistos e sobrevivência. Relacione de acordo com as categorias de cada despesa. E registre os totais semanais e o Valor Disponível restante semanalmente.
  8. No fim de cada mês faça um balanço. Valor Disponível – Despesas Extras = Saldo Disponível
  9. Se tiver um saldo positivo deixe para as despesas do próximo mês ou gaste com algum de seus objetivos.
  10. Reveja seus objetivos e promessas para o próximo mês.
  11. Calcule separadamente suas despesas extras e Analise seus gastos separadamente para ter mais consciência dos seus gastos.

Tenha controle de suas finanças com este método. Aceita o desafio?

 

Conheça o Village Tokio – Casas em Condomínio Fechado

 

Village Tokio Kakebo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: